CYNERGI
   
Sobre nós; ParceirosPortfolio & principais clientesFAQ, suporte & contactos
English!Início
Web EngineeringWeb HostingWeb Consulting

A propriedade mais valiosa


Paradoxalmente, um domínio é a sua propriedade na Internet mais valiosa e a mais barata. Compre com cuidado.



Procurar domínio





Domínios Cynergi

Internacionais e genéricos:

  • .com
  • .net
  • .org
  • .biz (empresas)
  • .info (informativos)
  • .name (pessoais)
  • .eu (União Europeia)
  • .aero (industria aeroespacial)

Nacionais:

  • .ag (Antigua e Barbuda)
  • .as (Samoa Americana)
  • .at (Áustria)
  • .be (Bélgica)
  • .bz (Belize)
  • .cc (Cocos (Keeling), Ilhas)
  • .ch (Suíça)
  • .cn (China)
  • .de (Alemanha)
  • .dk (Dinamarca)
  • .hk (Hong Kong)
  • .il (Israel)
  • .li (Liechtenstein)
  • .lv (Letónia)
  • .my (Malásia)
  • .nu (Niue)
  • .nz (Nova Zelândia)
  • .ph (Filipinas)
  • .pl (Polónia)
  • .pt (Portugal)
  • .ru (Russia)
  • .sc (Seychelles)
  • .sg (Singapura)
  • .th (Tailândia)
  • .to (Tonga)
  • .tv (Tuvalu)
  • .uk (Reino Unido)
  • .us (Estados Unidos)
  • .vu (Vanuatu)
  • .ws (Samoa)
  • .za (África do Sul)

A Cynergi também regista domínios noutros TLDs*. Para mais detalhes, entre em contacto connosco.


  Encomenda 

O que é
um domínio


Chama-se domínio ao seu endereço principal na Internet. Se olhar neste momento para a barra de endereços do seu browser*, o domínio é "cynergi.com". O "http://" inicial é igual para todos os sites. O que está entre o "//" e a "/" seguinte é o chamado FQDN* que inclui o nome do computador dentro do domínio (costuma chamar-se aos computadores/servidores Web de "www"), seguido de um ponto e do nome do domínio, outro ponto e do TLD* onde está registado o domínio.

Esquematicamente:

http://www.cynergi.com/...

Onde cada cor significa:

  • Nome do computador
  • Domínio
  • TLD (top level domain)

Também é habitual chamar-se domínio a "cynergi.com". O TLD pode incluir pontos como em "co.uk".

Desta descrição torna-se obvio que não pode usar pontos arbitrariamente no nome de domínio. De facto, segundo os RFCs 965, 1035 e 1123 que regem os nomes de domínios, só pode usar os seguintes caracteres num nome de domínio:

  • dígitos numéricos de 0 a 9
  • letras de A a Z (sem acentuação e sendo irrelevante maiúsculas e minúsculas)
  • hífenes ("-")
num máximo de 63 caracteres ao todo, não podendo começar ou terminar num hífen.

A limitação mais óbvia desta norma é a impossibilidade de se usar caracteres acentuados ou internacionais. Para colmatar esta necessidade foram criados os IDNs, sigla em Inglês para Internationalized Domain Names ou nomes de domínios internacionalizados. Infelizmente, para funcionarem, precisam que seja instalado software adicional à maioria dos browsers actuais e mesmo com o recente Internet Explorer 7 os IDNs podem não ser exibidos no ecrã com os caracteres adequados, o que limita o seu uso prático comercial.

Também é notório que não pode escolher uma terminação (TLD) arbitrária para o seu domínio, precisando de escolher um dos TLDs já existentes. Como cada TLD está atribuído a uma entidade diferente (sendo na sua maioria, em especial os TLDs de 2 letras, atribuídos a países ou regiões geográficas), as regras de quem pode registar quais domínios e onde varia de TLD para TLD.

Alguns TLDs definem chamados "domínios de segundo nível" (e alguns ainda "domínios de terceiro nível") sob os quais se podem fazer os registos. Por exemplo, no TLD ".com", podem-se fazer registos directos no 2º nível, como "cynergi.com". No TLD do Reino Unido (".uk"), por exemplo, isto não é possível. Empresas podem fazer registos em ".co.uk" (e.g.: "astonmartin.co.uk"), mas escolas por exemplo devem registar-se em ".região.sch.uk" (e.g.: "millfield.somerset.sch.uk"). Cada TLD é assim um caso específico.

Como escolher
um domínio


Escolha em que TLDs (dos exibidos à esquerda) prefere ter o domínio. Preste atenção aos elementos citados á direita para saber se ele se adequa mesmo aos seus propósitos.

Depois escolha que nome usar dentro desse TLD. Um nome deve ser curto e fácil de decorar. Deve ser fácil de soletrar se alguém lhe disser o nome verbalmente ou o ouvir na rádio. Deve ser fácil de ler sem confundir letras se o ler de relance em publicidade de rua.

Mas deve ter algo a ver com o seu projecto. Deve ser o nome da empresa ou uma sua abreviação, ou ser o nome de um produto/serviço representativo da mesma.

Quando os nomes que pretende já estão tomados, não os poderá registar. Mas experimente várias variações dos nomes que pretende. Abrevie uns mas deixe os outros por extenso. Use hífenes a separar os vários nomes. Ou acrescente palavras genéricas como "-online" ao nome.

Comece agora mesmo a procurar domínios disponíveis, antes que sejam tomados por outros, usando o sistema de procura à esquerda!

Que TLD
escolher?


Como as regras de cada TLD variam, em que TLD deve registar o seu domínio?

A resposta é simples e complexa ao mesmo tempo. Simples porque pode registar em qualquer TLD onde as regras do mesmo lhe permitam – não existe restrição técnica ou diferença significativa de velocidade entre os vários TLDs.

Complexa porque existem vários motivos para escolher um TLD sobre outro. Primeiro, facilidade de memorização por parte dos seus utilizadores. Por exemplo, chama-se às empresas na Internet "as empresas .com", porque ".com" é um dos TLDs mais antigos. É sem dúvida um dos mais fáceis de memorizar por essa razão, e paradoxalmente, um dos mais baratos. Por outro lado, alguns TLDs têm por acaso um nome que tem segundo significado e esse significado tem valor comercial. Por exemplo, o TLD de Tuvalu é ".tv" o que tem uma obvia conotação para comunicação social televisiva. O TLD dos Estados Federados da Micronésia é ".fm" o que faz habitualmente parte do nome das estações emissoras de rádio. O TLD de Antigua e Barbuda, ".ag", é o sufixo usado pelas sociedades empresariais alemãs e austríacas. O TLD das ilhas Tonga é ".to", o que é a palavra em Inglês "para" permitindo domínios como "welcome.to". E como estes, existem inúmeros outros.

Outro motivo é obviamente o custo. Como nenhum outro TLD chegou à popularidade de ".com", também não chegou ao seu nível de vendas e não pode oferecer os mesmos descontos. A maior parte dos outros TLDs são mais caros do que ".com".

Outro motivo é exibir uma presença local. Como a maior parte dos TLDs são específicos de um país ou região geográfica, você pode querer exibir o facto de "pertencer ao grupo" ou "pertencer à cultura" representada por esse TLD.

A escolha de um TLD é assim basicamente ao seu critério. Não se esqueça que se escolher por fim um TLD no qual a Cynergi não efectua registos, pode ainda activar o seu alojamento connosco.

A propriedade
mais valiosa


O seu domínio é provavelmente a propriedade mais valiosa que alguma vez vai possuir, e paradoxalmente uma das mais baratas. Quando começar a lançar o seu projecto na Internet, vai passar muito tempo e dinheiro a fazer as pessoas conhecer e lembrarem-se do seu domínio. Por essa mesma razão o seu domínio é muito valioso para criminosos informáticos (hackers) e spammers*. Se o perder, todo esse investimento será perdido e terá de o recomeçar.

Quando regista domínios com a Cynergi, os registos públicos WHOIS* irão mostrar o seu nome e não o nosso. Isto garante que se alguma vez tiver o seu domínio envolvido numa disputa legal, poderá comprovar a sua titularidade sobre o mesmo.

Como os registos WHOIS são públicos, existem muitas tentativas de roubar domínios enganando os titulares a transferi-los para outros agentes de registo (registrars). A Cynergi tem dois níveis de protecção dos nossos clientes contra essas tentativas.

Primeiro, podemos opcionalmente registar os domínios em seu nome, mas com os nossos contactos, filtrando assim spam* e tentativas de roubo.

Segundo, nós bloqueamos os domínios que registamos para não poderem ser transferidos para outro agente de registo sem a nossa autorização. E não daremos autorização enquanto não nos der indicações nesse sentido.

Grupo Corebase